O Que Fazer em Pittsburgh – Uma Cidade Americana que Você Precisa Conhecer

Fato número um: Em geral, a cidade de Pittsburgh (também chamada de Pitsburgo no bom e velho português, ou então, Pitts para os íntimos 👆) é ainda muito pouco conhecida pelos brasileiros. Tá… pra ser mais justa, os entusiastas esportivos já devem ter ouvido falar dela por conta dos times famosos da cidade: o Steelers (futebol americano), o Pirates (baseball) e o Panthers (basquete).

Fato número dois: Não consigo pensar, imaginar, cogitar algum motivo plausível para tamanho desconhecimento, minha gente!

Proporcional ao incrível número de pontes que interligam a cidade (chuta aí um número – duvido você acertar! (➡ a resposta está no quadrinho abaixo), Pittsburgh é absolutamente encantadora!

Ao mesmo tempo em que é uma cidade metropolitana recheada de atrações, ela também possui uma atmosfera aconchegante e bastante receptiva à turistas!

Hoje eu vou falar um pouquinho sobre cada uma das atrações oferecidas pela cidade para aqueles que tomam a sábia decisão de incluí-la em seu roteiro de viagem! Ah! E com direito a um bônus de belezas extras para quem visitá-la na época de final de ano, como foi o meu caso! 😄

Vamos lá?

Que tal salvar esta foto no seu painel do Pinterest para futura consulta e inspiração de uma futura viagem? 🙂


pra gente começar, alguns fatos RÁPIDOS:

  • Estado: Pennsylvania
  • Habitantes: Cerca de 305 mil habitantes
  • Fundação: 14/09/1758
  • Cognome 1: Steel City – Cidade do Aço (devido a quantidade de indústrias siderúrgicas na região)
  • Cognome 2 (que é bem mais legal!): City of Bridges – Cidade das Pontes

… afinal de contas, Pittsburgh tem mais pontes do que Veneza, você acredita?
São mais de 445 pontes cruzando os três rios (Ohio, Allegheny e Monongahela) que confluem no Point State Park, um lindo parque localizado bem no centro da cidade!

O que fazer em Pittsburgh - Cidade das Pontes

…MAS AFINAL DE CONTAS, O QUE TEM DE TÃO LEGAL PARA SE FAZER EM PITTSBURGH?

Sabe aquela cidade que você gostaria de morar, e se morasse, iria querer se inscrever no passe anual de todas as atrações para não perder nenhuma novidade? É assim que me senti!

Pittsburgh tem atrações para todos os gostos e faixas etárias!

Desde as opções de passeios gratuitos pela cidade, os diversos museus e atrações naturais… você vai ver: vai querer reservar pelo menos 2 dias para conhecê-la!


o que fazer em pittsburgh
cheia de graça: passeios gratuitos

Basta uma caminhadinha pelo centro de Pittsburgh para perceber que o simples fato de passear pelas ruas e avenidas ali do centro da cidade já é uma delícia!

Mas garanta que a sua caminhada vá culminar lá na pontinha do mapa de downtown, onde você encontrará alguns dos lugares mais imperdíveis da cidade:

O que fazer em Pittsburgh - Segurando uma noz no estilo do filme "A Era do Gelo"

“A Era do Gelo” feelings no Point State Park! 🙂


MARKET SQUARE (website)

O Market Square é uma praça pública em pleno centro financeiro de Pittsburgh que dispõem de diversas opções gastronômicas – desde cafés e fast-foods até restaurantes econômicos e de menu mais sofisticados.

Durante o ano a cidade promove vários eventos por ali. Dependendo da época da sua visita, você verá por ali shows musicais, instalações de arte pública e também o tradicional Farmer’s Market, que são aquelas feirinhas de frutas, verduras y otras cositas más.

Já no inverno, a praça se torna ainda mais especial: ali acontece uma feira natalina no melhor estilo germânico, onde você encontra barraquinhas de artesanato e comidinhas e bebidas deliciosas, bem típicas de frio!

Nada melhor que pegar uma xícara quente de Glühwein (que é vinho com especiarias, tipo o nosso “quentão”, só que alemão ☕) com uma trilha sonora natalina tocada ao vivo em um palco montado ali no meio da praça!


PPG PLACE (WEBSITE)

O PPG Place fica localizado ali do lado do Market Square – basta atravessar a rua! Ali você verá um complexo de seis prédios imponentes (no estilo Rockfeller Center de Nova Iorque) com um revestimento espelhado de cair o queixo.

Se já é legal observar aquela imensidão de espelhos, para mim o lugar foi ainda além disso!

É exatamente neste local que a cidade instala a sua maior árvore de Natal, posicionada bem no meio de uma pista de patinação no gelo! ❄

E foi exatamente neste lugar que eu patinei no gelo pela primeira vez! Me senti como se estivesse em um daqueles filme de Natal!

De início fiquei meio cambaleante até me acostumar com a lizeza da pista de gelo, mas depois a minha infância em cima de um roller despertou e a “experiência” me ajudou muito na parte do equilíbrio! Foi uma experiência incrível!

O que fazer em Pittsburgh - Na pista de patinação de gelo

É claro que aquele momento em que entrei na pista de patinação parecendo um filhote de girafa recém nascido não foi fotografado, claro! 😉

O que fazer em Pittsburgh - A Árvore de Natal iluminada

À noite tudo fica ainda mais lindo!


POINT STATE PARK (WEBSITE)

Partindo do PPG Place, basta adicionar uma pequena caminhada de cerca de 10 minutos e você se verá diante do Point State Park – um parque municipal entregue à cidade em 1974 e que fica localizado bem na confluência dos rios Allegheny e Monongahela, formando assim o terceiro rio, o Ohio.

O parque oferece uma visão privilegiada da cidade, do monte Washington e do estádio do Heinz Field.

O que fazer em Pittsburgh - Visão do Point State Park

O parque é um ótimo lugar para uma caminhada tranquila em meio às árvores (que no inverno estava com bem pouca folhagem) e esquilos!

Durante os meses mais quentes, os moradores aproveitam o gramadão para a prática de esportes, atividades físicas ou simplesmente para ler debaixo de alguma árvore…

O que fazer em Pittsburgh - Folhagem de inverno

Brincando com a folhagem de inverno


THREE RIVERS HERITAGE TRAIL (WEBSITE)

Toda “cidade-banhada-por-um-rio” que se preze, deve ter um calçadão margeando a orla, não é mesmo?

E Pittsburgh dá um show nesse quesito! Paralelo às margens dos rios, a caminhada pelo Three Rivers Heritage Trail é longa – são 40 quilômetros no total! – mas uma tranquila caminhada ali pelo centro já basta para usufruir de uma vista espetacular da cidade!

E ali é um lugar perfeito para se fazer um passeio de bicicleta, se o tempo permitir, é claro! 🚴

O que fazer em Pittsburgh - Vista da cidade e das pontes do Three Rivers Heritage Trail


o que fazer em pittsburgh
uma cidade histórica: museus

As opções de museus são tantas e tão distintas que se você se interessar por pelo menos dois assuntos, já vale a pena estender a sua estadia na cidade só para poder conhecê-los mais a fundo!

E fica aqui uma dica boa para quem visitar Pittsburgh no inverno e estiver de carro: vista-se em camadas e antes de entrar nos museus, deixe dentro do automóvel os seus casacões, mochilas e bolsas! Passeie de forma leve levando apenas chaves, carteira, máquina fotográfica e celular! 😉

A empresa que administra os quatro principais museus da cidade é o Carnegie Institute. Vamos lá?


MUSEU ANDY WARHOL * (WEBSITE)

Pittsburgh é a cidade que alguns famosos a chamam de home: a cantora Christina Aguilera, o ator Jeff Goldblum e até aquele carinha rico do programa Shark Tank americano, o Mark Cuban.

Mas a personalidade mor da cidade é um só: o artista ícone do movimento pop-art, Andy Warhol. Talvez você também tenha ouvido este nome ser mencionado na série do Netflix – La Casa de Papel? 🎭

E este museu dedicado à sua obra é realmente surreal. São sete andares que apresentam a vida e obra deste artista – muitas fotografias, materiais e exposição de obras. A sala dos Silver Clouds – os Balões de Prata – é uma surpresa a parte (apesar de eu não ter entendido muito bem a correlação dela com o artista, confesso!).

Um mundo de cores e criatividade!

Este slideshow necessita de JavaScript.


CENTRO DE CIÊNCIAS + centro ESPORTIVO (WEBSITE)

O Centro de Ciências é um museu bem localizado (fica bem perto dos estádios) e é um local interativo e dinâmico, tanto para crianças quanto para adultos.

O destaque fica por conta da seção de robótica, do cinema 360°, da exibição da cidade e ferrovia em miniatura e do passeio em um submarino utilizado durante a Segunda Guerra Mundial.

Anexo ao museu existe ainda um ambiente chamado de Sports Center que une ciências, esporte e recreação. O local conta com atrações como uma parede de escalada, uma pista de corrida completa, uma área de lançamento de baseball (que rastreia a velocidade do seu arremesso) e até um trampolim, para que você pratique peripécias no ar antes de cair. Vai que você se descobre um trampolinista com potencial olímpico?

Se resolver ficar para comer, sente-se na área externa do pátio para uma bela visão do nascimento do Rio Ohio e da linha de horizonte da cidade!


MUSEU DE ARTE (WEBSITE) e HISTÓRIA NATURAL (WEBSITE)

O Que Fazer em Pittsburgh - Carnegie Museum of Art

Fonte da imagem: Carnegie Museum of Art

O Museu de Arte e o de História Natural fazem parte de um mesmo complexo que fica localizado um pouco mais afastado do centro da cidade. Contudo, esta distância é atendida de forma excelente pela via municipal de ônibus – a Connectix (nada que um Google Maps não trace com perfeição!).

O Museu de Artes possui uma ampla coleção que inclui obras do clássico ao contemporâneo. Se você é um entusiasta no assunto, talvez tenha que considerar dedicar todo um período de dia (ou até mesmo o dia inteiro) para poder desbravar com calma todo o acervo. Informe-se também quanto às exposições temporárias antes da sua visita!

Com relação ao Museu de História Natural, há quem diga que esta é a joia da cidade! Com exposições da era pré-histórica, sessão de arqueologia, réplica de animais pré-históricos em seus habitats naturais e exposição de diversas aves, o museu conta com exibições atrativas, bem iluminadas e interativas, que facilitam o entretenimento para as crianças.

O destaque fica por conta da grande exposição de pedras preciosas do mundo e a sensacional área dos dinossauros.

O que fazer em Pittsburgh - a área de dinossauros do Museu de História Natural

Fonte: Carnegie Museum of Natural History


MUSEU INFANTIL DE PITTSBURGH (WEBSITE)

Um misto de ciências e artes, experimentos e explorações. E mãozinhas curiosas! 🖐🖐

Uma ótima opção de entretenimento para crianças acima de 3 anos que vão desde brincadeiras interativas de pôr “a mão na coisa”, uma sessão de artes (tintas à vista!) e até um Parque Aquático (o Water Play) onde as crianças se esbaldam na água.

Lembre-se de levar uma roupa de banho e uma muda extra para liberar geral a brincadeira e não deixar seu pupilo passando vontade!


CENTRO HISTÓRICO JOHN HEINZ (WEBSITE)

O Que Fazer em Pittsburgh - Fachada do Museu Histórico Heinz

Fonte: Heinz History Center

Um museu enorme dedicado ao senador John Heinz – você deve conhecê-lo por esse sobrenome famoso! Isso mesmo, é o tal criador da marca de ketchup Heinz. 🍔

Mas engana-se quem pensa que neste lugar só verá coisas a respeito da tríplice Ketchup,  Maionese e Mostarda!

O Museu Histórico Heinz distribui-se por seis andares e é o lugar mais eclético que você encontrará em Pittsburgh! Sessões sobre a indústria do vidro, a história dos esportes de Pittsburgh (desde o ensino médio até o profissional), tesouros recuperados de um naufrágio de 1864 na Arábia, Avanços da Medicina e Tecnologia, Guerra Franco Indígena, História do Jazz… e por aí vai!

E só um detalhe curioso: você sabia que a Heinz agora não é mais “Pittsburguenha” e pertence à um grupo brasileiro?


MATTRESS FACTORY (WEBSITE)

Vamos começar com a dúvida: Se mattress significa “colchão” e factory significa “fábrica” em inglês, isso quer dizer que trata-se de uma Fábrica de Colchões? Nada disso!

Fonte da imagem: Mattress Factory

Cada andar, cada ambiente é bastante singular e ao mesmo tempo estranho. Varia rapidamente do “que legal!” para “que cargas d’água é isso?”.

Fascina.

Provoca.

Mas o que é arte se não isso?


o que fazer em pittsburgh:
PASSEIOS ADICIONAIS

Nem só de Museus que se resume Pittsburgh! 😉


DUQUESNE INCLINE & MONTE WASHINGTON (WEBSITE)

Uma cidade cercada por montanhas assim como Pittsburgh, precisa ter um teleférico (ou funicular, como preferir!) para chamar de seu, não é mesmo? E se a tal atração for um teleférico histórico de 1877 então… aí sim a visita é obrigatória!

O Duquesne Incline oferece uma visão panorâmica da cidade. Enquanto sobre, você consegue ver a confluência dos três rios, admirar as trocentas pontes e viadutos espalhados pela cidade, ver os estádios (Steelers e Pirates) e contemplar a arquitetura da cidade.

Na parte alta, você pode ver a escultura de George Washington e de seu guia indígeno, Guyasuta (↪ E aí vai um pedacinho da história: Guyasuta conheceu o jovem George Washington, a quem ele chamou de “Tall Hunter” – Caçador Alto, em 1753, quando o acompanhou e o guiou pela Pensilvânia até o Fort Le Boeuf. Ele é referido como “The Hunter” – o Caçador – nos diários pessoais de Washington).

O vilarejo localizado no topo do teleférico também vale uma caminhadinha!

Considere a ida até lá para ver o pôr-do-sol para poder curtir também a iluminação noturna da cidade!


NATIONAL AVIARY – AVIÁRIO NACIONAL * (website)

Novamente, deixo aquela dica idiomática básica: Aviary significa Aviário (e não aviação!). 😁

O Aviário de Pittsburgh é um lugar bem descontraído e bastante informativo. Tem tudo o que se espera do lugar: aqueles típicos shows de aves (que são pagos a parte do ingresso!), encontros e alimentação de pássaros, praça de alimentação, lojinha de souvenirs e tudo o mais.

As galerias internas são incríveis (e barulhentas), sendo que a maioria recria o próprio ecossistema das aves. E sim, você caminha imerso neste ambiente! Adentrar um local onde você se vê cercado pelo canto dos pássaros voando bem rente à sua cabeça é uma experiência única – e talvez um pouquinho amedrontadora para alguns!

Prepare-se para ver condores, águias, falcões, corujas e pinguins entretendo os visitantes. A propósito, os túneis para as crianças entrarem para ver de perto o habitat dos pinguins é bastante disputado, mas vale a pena!

O passeio é divertido e proveitoso para adultos, mas se você estiver viajando com crianças, neste caso a diversão está garantida!

O aviário é relativamente pequeno e dá pra conhecer todas as áreas em 1 hora (se adultos) ou em cerca de 2 horas (com crianças), mas logo na entrada, não se esqueça de pegar o mapa com os horários dos shows e alimentação de animais; com ele em mãos você consegue se programar e curtir tudo da melhor maneira!

Este slideshow necessita de JavaScript.


ZOOLÓGICO DE PITTSBURGH E E AQUÁRIO PPG (website)

Bem… zoológicos são zoológicos, não é mesmo? Há quem goste da “filosofia”, há quem não.

Se você faz parte do time “pró”, este local abriga espécies de bichinhos que nós brasileiros não estamos muito acostumados a ver zanzando por aqui. Há um recinto dos urso polares, lontras, pinguins, cangurus, chitas, leões marinhos e tubarões.

E bem… aquários são aquários! Este local possui uma ampla diversidade de vida aquática e a parte que mais chama a atenção neste ambiente é a sessão sobre os rios do Amazonas.

Para quem vai com crianças, este lugar oferece um plus: além de apresentá-las aos animais, você pode entretê-las no incrível parque destinado especificamente para elas – o Kid’s Kingdom.


PHIPPS CONSERVATÓRIO E JARDIM BOTÂNICO * (website)

O que dizer deste lugar? Sério! Durante todo o mês em que viajei, talvez este tenha sido o lugar mais incrível que visitei no sentido de nunca ter visto nada similar aqui no Brasil.

Só o fato de conhecer o conservatório – que a propósito, é um dos edifícios mais verdes e auto-sustentáveis do planeta – e seu belíssimo jardim botânico com 17 áreas de exibição já é uma experiência válida para qualquer época do ano.

Maaaaas…. se você tiver a sorte de ir à Pittsburgh durante as festas de final de ano, não deixe SOB HIPÓTESE ALGUMA de visitar o Conservatório e o seu espetacular Winter Flower Show – A Festive Tradition.

Tudo o que eu falar aqui não fará juz ao lugar! Você precisa ver com seus próprios olhos!

É uma experiência mágica – visual e sensorial – que palavras são difíceis de definir! Portanto… deixo aqui algumas fotos para servir de inspiração!

Este slideshow necessita de JavaScript.


Estádios: Heinz Field: Steelers (website) & PNC PARK: pirates (website)

O Heinz Field é o estádio do Steelers, o tradicional time de futebol americano, que fica privilegiadamente localizado bem em frente ao encontro dos rios. O estádio já foi palco de grandes conquistas e é um orgulho da cidade.

Já o PNC Park é a sede do time de baseball – o Pittsburgh Pirates – e fica localizado a uma curta caminhada de distância do Heinz Field.

Se você tiver interesse no assunto, você pode fazer um tour guiado pelas instalações de ambos estádios (o Heinz Field se restringe a períodos fora de temporada – o PNC funciona todo o ano) e conhecer de perto toda a estrutura do estádio, o campo de jogo, os camarotes, o vestiário, a cabine dos jornalistas, e aprender também um pouco mais sobre a história dos times.

Mas se você quiser sentir realmente a emoção do que é estar presente nas arquibancadas, que tal programar-se para assistir a um jogo da NFL ou da MLB ali no estádio? Se você tiver a sorte de pegar a época de jogos, vale muito a pena!

Com relação ao futebol americano, geralmente o valor dos ingressos são um pouquinho mais salgados… Se você não quiser dispensar uma pequena fortuna para assistir a um jogo que você mal entende as regras, talvez você deva considerar assistir uma partida dos times universitários! Os ingressos são beeeeem mais em conta e a experiência de participar de um jogo do Pitt Panthers é praticamente a mesma de um jogo profissional! O ambiente familiar no estádio, a organização e a torcida apaixonada criam uma atmosfera contagiante!

  • Temporada de Major League: De Abril à Setembro
  • Temporada de NFL: De Setembro à Dezembro
  • Temporada NCAA (College Football Bowl Season): Final de Novembro à Janeiro

O que Fazer em Pittsburgh - Fachada do Heinz FieldO Que Fazer em Pittsburgh - Fachada do PNC Park


UNIVERSIDADE DE PITTSBURGH & CATEDRAL DA APRENDIZAGEM (website)

O Que Fazer em Pittsburgh - Universidade - Catedral da Aprendizagem

Fonte: Universidade de Pittsburgh

O passado industrial de Pittsburgh ficou para trás e cedeu espaço à um vibrante cenário universitário e cultural.

A Universidade de Pittsburgh ocupa hoje grande parte da cidade e é um dos maiores empregadores locais. O local possui grandes áreas externas arborizadas e relaxantes, com aqueles tradicionais gramadões universitários que são bem convidativos à uma tarde de estudos – ou a um piquenique!

Mas a jóia do local é a Catedral da Aprendizagem: um edifício imponente de 36 andares de uma arquitetura memorável. O interior lhe fará sentir-se entrando no encantado mundo de Harry Potter!

O prédio também dispõem de salas de aula com decorações características de diversos países do mundo – o Nationality Rooms – que expõem costumes e tradições educacionais de cada local. Imperdível!

Neste complexo universitário também está localizado o Petersen Events Center – o estádio que hospeda o time de basquete da cidade – o Pitt Panthers.


o que fazer em pittsburgh
Como incluir pittsburgh no roteiro?

Será que existe alguma lei que obriga a cidades com pontes a ter esses cadeados dos apaixonados? 🙂

Incluir Pittsburgh na jogada é mais fácil do que você imagina!

Eis aqui o que eu fiz e que repetiria hoje mesmo se tivesse a oportunidade:

– Iniciei minha viagem saindo do Brasil rumo à Chicago, onde curti a cidade por alguns dias;

– Como boa brasileira que sou, incluí também a nossa queiridinha Nova Iorque no roteiro, é claro!

– A solução pra esse dois-em-um? Pra mim – que amo viagens de carro – incluí aquela road-trip básica entre as cidades! E nesse meio do caminho eis que surge Pittsburgh, o ponto de parada e descanso perfeito entre as duas cidades!

E você está pronto para um “PS” todo especial sobre a ideia da road trip? Se só o fato de conhecer essa cidade incrível não bastar para te convencer a fazer essa longa viagem de carro, saca essa: neste trajeto, você ainda pode incluir uma passagem pelo condado da comunidade Amish nos Estados Unidos! Além de conhecer uma cultura completamente fora da nossa realidade, vou te dizer: a gastronomia deles é algo que você VAI QUERER incluir na sua wish-list!

– Ah, e você também pode adicionar Pittsburgh no seu roteiro caso esteja planejando ir à Filadélfia – apesar de ficarem distantes, Pittsburgh fica no mesmo estado que Philly! Dá até pra pegar um trem se preferir não se incomodar com trânsito! 😉

Contudo, deixo aqui a dica do que eu faria diferente: eu reservaria pelo menos dois dias inteiros pra desfrutar a cidade! Fiquei apenas um dia e me faltou tempo pro tanto mais de lugares que eu gostaria de visitar! Bom… fica aí a desculpa pra retornar, né?


* O Vivajando visitou as atrações destacadas em asterisco através da gentil parceria com o portal Visit Pittsburgh.

(Visited 154 times, 5 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *